Não sou perfeito como você. Sou um ser humano que erra, que peca, que sente, que mente para se livrar de pessoas ou afazeres. Eu sou assim e não vou mudar. As pessoas me magoam e eu às magôo, assim ficamos quites. Se você quiser ficar comigo, fique. Mas depois não diga que não te avisei. Não saia falando que foi enganada porque estou te avisando de antemão que sou um verdadeiro fracasso.
O primeiro amor de um homem. 
O engraçado de sentir saudade de alguém que você ama são as lembranças. Nessas horas só vem as coisas boas. Momentos bons que vão durar para sempre dentro de você. As qualidades, que as vezes a pessoa nem tem mas nós simplesmente inventamos só porque estamos com saudades… Quase sempre eu me pergunto onde foi parar as lembranças das nossas brigas por nada, das suas crises de ciúmes, das suas criancices, das merdas que você já fez - e que não foram poucas, porque aqui amor, aqui não está.
O primeiro Amor de um Homem. 
Essa não é mais uma história de como um garoto conheceu a garota e se apaixonou por ela. Antes fosse, seria mais fácil de escrever e as teclas do meu computador não estariam sendo batidas com tanta força por conta da imersão em minha cabeça e da falta de palavras e entendimento que me assola. Conhecer essa garota, tudo começa no “conhecer essa garota”. Conhecer ela foi com certeza um ponto alto em minhas “descobertas”. Abriu meus olhos para novos conceitos que antes eram turvos e embaçados por conta de preconceitos. Mas então ela veio com esse sorriso de covinhas e esse jeito de falar e começou a mexer com a minha cabeça. Me impressiona o quão pouco foi o tempo que passamos juntos e o quão isso foi o suficiente para causar esse estrago nas minhas ideias. Admito, ela conseguiu passar por cima de todo meus julgamentos, rótulos e análises que me tornavam uma pessoa estritamente racional. Ela me fez irracional no campo dos relacionamentos, onde eu sempre tive tudo tão friamente calculado. Amor à primeira vista? Não. Alma gêmea? Para. Destino? Não acredito. Mas foi aquele toque de realidade paralela, onde existe algo que te faz pensar naquilo que você sempre pensou que nunca pensaria. É complexo. Uma mistura de segurança, sorriso, distância. A vida te faz aprender que você pode ser invencível em todas suas guerras, mas batalhas, bem, é inevitável perder algumas. Principalmente quando seu oponente tem tão belas covinhas.
Recontador.  
Ela era o conjunto perfeito de tudo que eu amava e detestava ao mesmo tempo. Como eu poderia amar e detestar tanto uma única com a mesma intensidade? Não tente entender algo que nem eu mesmo entendo.
O primeiro amor de um homem. 
Hoje eu sinto preguiça de chamar de amor, rir de piadas sem-graça, enfrentar a vermelhidão das bochechas ao conhecer a família, do primeiro olhar – realmente – sincero depois de um beijo. De dar boa-noite, ligar quando acordar mesmo com os olhos pequenos de sono, o primeiro silêncio confortável, o primeiro ciúmes desnecessário e renovador. Da primeira carta, do primeiro te amo. Socorro, que preguiça do te amo. Preguiça de não sentir preguiça disso tudo e depois sentir preguiça de você, de mim, da gente. A preguiça da preguiça. Ela por si só. Sem rodeios.
Recontador.
Estou tentando organizar meus sentimentos para poder te escrever, mas confesso que ultimamente anda difícil. Ontem ao adormecer você foi o meu último pensamento e hoje ao acordar você foi o primeiro. Estranho isso não é mesmo? Porque você ainda insiste em tomar conta dos meus pensamentos? Isso é errado. Eu tenho certeza que é errado e ninguém precisou me dizer, eu sei que é. Hoje parei para pensar em nós, sim em nós, digo em tudo. Convivência, carinho, amor, companheirismo, amizade, sexo, afeto. Parei para pensar no que somos quando estamos juntos e no que somos quando vou embora. Você me tem fácil demais, não consigo dizer não quando você me olha daquele jeito que só nós sabemos. Adoro a sua cara de sono e o seu mistério, amo o seu sorriso e o seu olhar. Sei lá o que posso dizer desse nosso ”relacionamento”, só sei que eu tô amarradona nisso. Eu amo amar você, isso basta.
Para alguém que talvez nunca irá ler.
Oh, o conhecedor do coração percebe quão pobre, desamparado, presunçoso, estúpido, canhestro, destruidor mais que salvador é inclusive o melhor e mais profundo amor! - É possível que na santa fábula e disfarce da vida de Jesus esteja oculto o mais doloroso caso de martírio do conhecimento sobre o amor: o martírio do coração mais inocente e desejoso, que nenhum amor humano havia satisfeito, que exigia amor, ser amado e nada além, com dureza, com delírio, com terríveis acessos contra os que amor lhe negavam; a história de um pobre insaciado e insaciável no amor, que teve de inventar o inferno para povoá-lo dos que não queriam amá-lo - e que, conhecendo enfim o amor dos humanos, teve de inventar um Deus que é inteiramente amor, inteiramente capacidade de amar - que se compadece do amor humano, tão mísero, tão insciente! Quem sente deste modo, quem possui tal saber a respeito do amor - procura a morte.
Nietzsche  
Gastei uma hora pensando num verso
que a pena não quer escrever.
No entanto ele está cá dentro
inquieto, vivo.
Ele está cá dentro
e não quer sair.
Mas a poesia deste momento
inunda minha vida inteira.

Poesia, Carlos Drummond de Andrade

Está bem, você tem razão. Eu sou completamente outra pessoa quando não estou com você, com você tudo se torna mais possível. O quente se torna frio, o pequeno se torna imenso. Não sei, mas é assim que eu vejo as coisas quando estou com você. É como se eu quisesse ir muito mais além de palavras, ir bem mais além na imaginação sem tirar os pés do chão. Ver que acompanhado tudo pode se tornar muito mais colorido e divertido. Que sozinho nem tem tanta graça assim.
Carla Santos.